segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Homens ideais ou compatíveis: você escolhe!

Os homens quando se reúnem falam de futebol e mulher gostosa...tudo isso regado, é claro, de muita cerveja. Nós também tomamos muita cerveja...mas não falamos de futebol. Nosso assunto preferido é: homem. Lógico, que falamos também de coisinhas que precisamos comprar: tipo aquela blusinha do “dechavo”, que vai nos deixar lindas...Mas isso é fácil de resolver...pegamos o nosso cartão ou da mãe, da tia, da avó, da melhor amiga e vamos lá e pimba!, compramos. Mas, quando se trata de homens não é assim. Não tem uma loja onde possamos reclamar pro fabricante “Oh, moço! Esse aqui veio com um defeito grave, gravíssimo: arrota à mesa”.

Outro dia desses conversando com uma amiga ela estava me perguntando se eu acredito que exista o homem ideal. Eu parei, pensei e respondi. “Acho que não”. Acho que existem homens compatíveis. E daí essa compatibilidade varia de acordo com o momento que estamos vivendo. Todas nós temos uma lista do que tem que ter o nosso par ideal. Para minha amiga, por exemplo, a lista é vasta. Tem que se vestir bem, ser bem-humorado, ser bonito ou charmoso, gostar de crianças (ela quer ter filhos), ser do signo de câncer – segundo ela eles traem menos -, gostar de chocolate, beber cerveja, de sexo (essa opção vem em 1º lugar), ser gentil e por aí vai.

Na lista dela tem até uma política de pontos, caso haja empate entre dois pretendentes, ela fica com aquele cuja mãe “já tenha ido para a terra dos pés juntos” ou que more em outro estado. Mas, é óbvio, que essa lista varia de acordo com a safra. Quando ela está em baixa, ninguém dando mole, se sentindo gorda...a lista diminui drasticamente. Tão drasticamente que só pelo fato de ter nascido homem já está cotado, em alta..Entretanto, se ela está fazendo aquela dieta, com a auto-estima nas nuvens e dois gatos estão dando mole pra ela....a lista entra em ação. E sai debaixo.

Mas é claro que estávamos falando de homens ideais (ou compatíveis) “esporádicos”. Aqueles para vida inteira, nós temos que procurar com calma, muita calma. Experimentar aqui, ali, acolá e de preferência quando a auto-estima estiver em alta e fora do período de entre safra, Assim não corremos o risco dele não ter nenhuma das qualidades que esperamos em um homem!

4 comentários:

Mariana disse...

Ai amiga do jeito que a coisa anda tá difícil exigir alguma coisa....mas, não desanimemos, ou eu não desanimo!!! E a lista do par ideal vai continuar existindo....para sempre!!! Mesmo que o par ideal não exista.....
Adorei o texto, como sempre!!!
Beijocas pra vc lindeza!

Jussara, a friend disse...

Nem compatível, nem ideal, mas enquanto o cara certo não vem, que venham os errados!

Sergio Brandão disse...

Texto bem escrito e muito engraçado! Gostei!!! E, "modéstia à parte" (rs), já estou quase completando uma década de compatibilidade com a mesma mulher!... Eita nós!!! rsrs

Anônimo disse...

brazil ukes canberra deception embroiled homepage schubert egan dorms entrances needlessly
semelokertes marchimundui