terça-feira, 7 de março de 2006

"Se eu fosse você..."

"O assunto da vez é a mulher", disse um maluco para outro dentro do ônibus. Sim, eu confesso: escuto a conversa dos outros. Não que queira, mas eles falam tão alto que, não resisto. Bom, mas voltando ao assunto, o homem-palhaço dizia: "que besteira é essa de Dia Internacional da Mulher, cara"? E emendava, sob os olhares atentos do outro. "Se elas querem igualdade não é assim que vão conseguir. Agora só inventando o Dia Internacional do Homem", falava às gargalhadas. "Aí, nesse dia, seríamos nós que ficaríamos em casa curtindo a boa vida. Elas reclamam, falam da gente, mas não trabalham um terço do que nós trabalhamos. "E falam, heim?!", relinchava o outro. "Reclamam de barriga cheia. A minha mulher, por exemplo, só chega no serviço às 10 horas. É, moleza ou não é?", completou o imbecil.

Pois bem, eu estou com eles. Também acho a vida das mulheres muito boa. Levanto a bandeira da criação do Dia Internacional do Homem. Com direito a troca de papéis e uma programação completa de um dia de moleza, mas sem esquecer da emoção de lado. E quanta emoção!

Neste dia, todos os homens teriam a chance de tomar o lugar das suas mulheres. Para começar, pela manhã, eles ficariam responsáveis por acordar as crianças e mais que depressa ir para a cozinha preparar o café da manhã delas. Não se esquecendo de deixar o jornal à cabeceira da mesa para que a mulher possa degustar o seu desjejum se inteirando das principais notícias do dia.

Depois de todos encaminhados, crianças para escola e mulher para o trabalho, seria a vez deles, que têm um horário mais flexível e podem entrar às 10 horas no trampo, dar uma geral na casa. E é aí que começa a emoção. Toalha molhada na cama, calcinhas espalhadas pelo chão, brinquedos por toda parte e marca de barro no tapete.

Tudo no lugar. Agora é hora de deixar o rango pronto para a filha do meio que não está na escola em tempo integral e vem em casa para almoçar. Ufa! Depois dessa moleza toda, só indo para o trabalho para relaxar, porque o dia está apenas começando. Na hora do almoço você, por favor, não almoce, pois essa é a única hora que você homem tem para colocar esse pé cascudo de molho. Sim, estou falando de fazer as unhas. Mas não é só isso, tem que aproveitar e fazer também a depilação completa. Inclusive a virilha bem cavada!

Mas não pense que é só isso. O dia ainda reserva outras surpresas mais agradáveis. Ao chegar em casa, você - depois de fazer o jantar, colocar as crianças para dormir e lavar a louça - ainda pode colocar aquela sua lingerie. Ops! Cuequinha sexy que compramos para vocês e nos proporcionar uma noite de muito prazer...

E feliz Dia Internacional do Homem!

2 comentários:

jussarasoares disse...

Amiga, eles vão ter que ser muito macho para levar esse vidão de mulher.

Doni disse...

Adorei o post hahahahah Concordo mto com vc. Esses claras reclamam de bobeira...